Produção de milho cresceu 24% na safra 2018/2019, diz Conab

Enquanto a área plantada aumentou 5%, a produtividade disparou 18%. Os 17,495 milhões de hectares ocupados com o grão renderam em média 5.715 quilos cada

A produção brasileira de milho em 2018/2019 deve ficar em 99,984 milhões de toneladas, segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgado nesta terça, 10. Esse número representa crescimento de 23,9% sobre a temporada passada, quando o país colheu 80,709 milhões de toneladas.

Segundo a entidade, a área plantada e a produtividade também aumentaram nesta temporada. O grão ocupou 17,495 milhões de hectares, alta de 5,3%, com rendimento médio de 5.715 quilos por hectare, 18% superior a 2017/2018.

A produção da primeira safra está estimada em 26,188 milhões de toneladas, com recuo de 2,3% sobre o ano anterior, quando foram colhidas 26,810 milhões de toneladas na safra de verão. A área plantada ficou em 4,39 milhões de hectares, baixa de 3,8% se comparado à última temporada, quando foram semeados 5,082 milhões de hectares. A produtividade média deve ficar em 5.355 quilos de milho por hectare, 1,5% superior à média de 5.275 quilos por hectare de 2017/2018.

Em relação à segunda safra, a Conab prevê produção de 73,795 milhões de toneladas, com ganho de 36,9% sobre o ano anterior, quando a safra ficou em 53,898 milhões de toneladas. A área plantada ficou em 12,605 milhões de hectares, alta de 9,3% se comparado à última temporada, quando foram semeados 11,534 milhões de hectares. A produtividade média deve ficar em 5.854 quilos de milho por hectare, 25,3% superior à média de 4.673 quilos por hectare de 2017/18.

Agencia Safras

Canal Rural – 10/11/2019