Pequeno criador pode comprar milho por e-mail

O estoque de milho disponível para venda é de aproximadamente 2 mil toneladas

Os serviços prestados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no Amazonas estão mantidos, apesar das medidas de distanciamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Entre as ações adotadas para garantir o abastecimento, foi criada a possibilidade de atendimento remoto para pequenos criadores que utilizam o Programa de Vendas em Balcão (ProVB).

Para a compra de milho, utilizada pelos produtores na ração de animais, é possível entrar em contato com a área responsável pela venda do produto no Amazonas pelo e-mail am.balcao@conab.gov.br ou pelo telefone (92) 3182-2407. Além do contato por meio digital, estão sendo tomadas outras medidas de prevenção, como o uso obrigatório de máscaras, conforme a legislação local.

O criador rural cadastrado deverá enviar um e-mail com seus dados e quantidade para a compra, de acordo com o seu Cadastro Técnico. A partir desse pedido, será gerada e enviada a Guia de Recolhimento da União (GRU) com o valor a ser pago. Após o pagamento, o produtor deve enviar o comprovante também por e-mail. A retirada do produto na Unidade Armazenadora de Manaus será agendada.

Para cadastro de novos clientes e atualizações, os mesmos canais também podem ser utilizados. Por telefone ou e-mail é possível obter formulários para cadastro, enviar documentos e esclarecer dúvidas.

O estoque de milho disponível para venda é de aproximadamente 2 mil toneladas. Atualmente, o cereal é vendido pela Conab ao custo de RS 56,00 a saca de 50 kg, valor de acordo com a média do mercado varejista local, no qual o produto chega a ser comercializado por R$ 76,50. Os valores da Companhia são reavaliados a cada 15 dias, conforme comportamento do mercado da região atendida.

Com informações da Conab

AGROLINK – 21/05/2020