USDA: Estoques de milho podem ser os maiores em 30 anos nos EUA

Nesta sexta-feira, 29 de setembro, o USDA divulgará o seu boletim de estoques trimestrais de grãos e são esperados números consideravelmente elevados para a posição de 1º de setembro. Segundo analistas, porém, o impacto dessas informações deverá ser limitado dado o período em que o mercado está focado nas notícias que chegam dos campos americanos com a evolução da colheita, além do início do plantio na América do Sul e das previsões do tempo.

Para o milho, a média esperada para os estoques trimestrais é de 59.67 milhões de toneladas. O intervalo das projeções está entre 58.68 milhões e 60.46 milhões de toneladas. Em 1º de setembro de 2016, o número foi de 44.12 milhões de toneladas. “Independentemente do que o USDA divulgue nesta sexta-feira, existem duas máximas que saberemos sobre os estoques finais de milho: primeiro, será o maior número em 30 anos. Segundo, o número do USDA ainda é baseado nas pesquisas de agricultores, por isso está sujeito a mudanças ao longo do tempo. Nada é permanente, nada está escrito na pedra, como sempre”, disse o analista do portal internacional DTN The Progressive Farmer, Darin Newson.

Fonte: Notícias Agrícolas