Tecnologia permite uso de milho para proteção de armas

Um fórmula desenvolvida pela Associação dos Produtores de Milho dos Estados Unidos em parceria com a empresa QMaxx permitirá uso do cereal para lubrificação e proteção de armas através de um novo óleo. O objetivo da nova fórmula é vender o óleo lubrificante para as Forças Armadas dos Estados Unidos e reduzir os componentes prejudiciais à saúde dos soldados. “Estou muito empolgado de poder pensar em um produto que usei quase todos os dias no Exército e ainda contendo milho,” afirmou Larry Hoffmann, presidente da divisão de Produtividade e Ação da Associação, que é ex-militar. “Enquanto há uma pequena projeção de aumento de demanda por milho, com o novo óleo podemos potencializar muito mais o uso do cereal,” concluiu Hoffmann. Também é prevista a venda do óleo para uso civil de armas.

Fonte: AGROLINK