Milho: Mercado inicia 4ª feira em queda em Chicago focado no impasse entre China e EUA

As cotações futuras do milho iniciaram a sessão desta quarta-feira (30) m campo negativo na Bolsa de Chicago (CBOT). Por volta das 9h36 (horário de Brasília), as principais posições da commodity exibiam quedas entre 2,75 e 3,25 pontos. O vencimento julho/18 era cotado a US$ 3,96 por bushel, enquanto o setembro/18 operava a US$ 4,05 por bushel. Pelo segundo dia consecutivo, os preços recuam no mercado internacional.O impasse entre China e Estados Unidos voltaram a ser o foco dos traders, após a nação norte-americana informar que irá taxar em 25% as importações chinesas. De acordo com informações reportadas pela Reuters internacional, a China é o maior importador de soja do mundo e o maior comprador de sorgo dos EUA, grão utilizado na composição da ração e que compete com o milho. Além disso, a safra americana também segue no radar dos participantes do mercado.

Ainda ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou que cerca de 92% da área prevista para essa safra já foi cultivada até o último domingo. Na semana anterior, o número estava em 81%. No reporte, o departamento também informou que em torno de 79% das plantações apresentam boas condições. Cerca de 18% apresentam situação regular e 3% em situação ruim ou muito ruim.

Fonte: Notícias Agrícolas