Milho aguarda números dos estoques trimestrais e inicia 6ª feira com ligeiras desvalorizações na Bolsa de Chicago

As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta sexta-feira (29) com ligeiras quedas, próximas da estabilidade. As principais posições do cereal testavam perdas de 0,25 pontos. O dezembro/17 era cotado a US$ 3,52 por bushel, enquanto o março/18 era negociado a US$ 3,65 por bushel. O mercado dá continuidade ao movimento negativo iniciado no dia anterior. Ainda nesta quinta-feira, os preços da commodity foram pressionados pelo bom ritmo da colheita do cereal nos Estados Unidos e os relatos de bons índices de produtividade. Além disso, a Granoeste Corretora de Cereais, destaca o fraco desempenho das exportações semanais. “As exportações semanais ficaram aquém do esperado e seguem num ritmo relativamente lento. As melhores perspectivas de chuvas para extensas áreas do Brasil também pesaram na formação dos preços”, informou a corretora.

Os participantes do mercado ainda aguardam os números dos estoques trimestrais dos EUA, que será reportado nesta sexta-feira. “Analistas ouvidos por agências de notícias estimam que os estoques, em primeiro de setembro, devam se situar em 59,7 milhões de toneladas, ante 44,1 milhões de toneladas registrado no mesmo período do ano passado”, ainda conforme reporte da corretora.

Fonte: Noticias Agrícolas