Maioria dos alimentos dos EUA são seguros

Não foram encontrados resíduos químicos de pesticidas em 52,5% das amostras

A grande maioria dos alimentos testados para resíduos de pesticidas estava dentro dos limites prescritos pelo governo federal, disse a Food and Drug Administration em seu último relatório de monitoramento de pesticidas, que inclui dados para o ano fiscal de 2017. A FDA constatou que 96,2% dos alimentos domésticos e 89,6% dos alimentos humanos importados cumpriam os padrões federais.

Além disso, não foram encontrados resíduos químicos de pesticidas em 52,5% das amostras domésticas e 50% das amostras importadas analisadas. A FDA terminou o segundo ano de uma tarefa especial focada em herbicidas, testando 879 amostras de milho, soja, leite e ovos para glifosato e glufosinato e mais de 1.000 amostras de grãos e raízes selecionadas para herbicidas ácidos durante o período de dois anos.

Nesse cenário, não foram encontrados resíduos de glifosato ou glufosinato em nenhuma amostra de ovo ou leite, enquanto resíduos de glifosato e / ou glufosinato foram encontrados em cerca de 60% das amostras de milho e soja. Nenhuma, no entanto, excedeu as tolerâncias estabelecidas.

O FDA sinalizou 22 mercadorias importadas “que podem exigir atenção especial” devido a um alto número de violações. Eles incluem o aipo, com violações encontradas em 38,5% das amostras; cenoura, com uma taxa de violação de 21,4%; e passas, com uma taxa de violação de 29,4%. A taxa de violação de alimentos importados, em 10,4%, ficou bem acima da taxa de 3,8% para alimentos domésticos.

Sendo assim, o resultado foi considerado muito positivo pelos analistas da FDA, sendo que a maioria dos produtos é seguro para o consumo humano.

AGROLINK – 17/09/2019