Cotações do milho subiram no mercado interno

Na média, houve alta de 4,1% em outubro na comparação mensal

A maior demanda interna e a boa movimentação para exportação tem gerado valorizações nos preços do cereal no país.

Em setembro último, o Brasil embarcou diariamente 75,0% mais milho em relação ao mesmo mês do ano passado. Em outubro, até a primeira semana, a média diária cresceu 132,8% frente a outubro de 2018 (Secex).

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, a saca de 60 quilos está cotada em R$41,00, sem o frete, frente a negócios em até R$37,00-R$38,00 por saca no começo de setembro deste ano.

Na média, houve alta de 4,1% em outubro na comparação mensal. Com isso, o milho está custando 9,1% mais em relação a setembro do ano passado.

Em curto prazo, as exportações deverão seguir aquecidas e dando sustentação aos preços no mercado interno. Com isso, altas de preços não estão descartadas em curto e médio prazos.

SCOT CONSULTORIA

Notícias Agrícolas – 10/10/2019