CNA e Caixa Econonômica Federal discutem renegociação de dívidas

Vice-presidente da entidade, José Mário Schreiner, também defendeu seguro rural que ampare o produtor

O vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), deputado José Mário Schreiner, reuniu-se na quarta (12) com o vice-presidente de Varejo da Caixa Econômica Federal, Jeyson Cordeiro, e o superintendente nacional de Agronegócios da instituição, Wellington Vaz de Oliveira, para discutir questões relativas ao crédito rural e ao endividamento.

Um dos pontos tratados foi a resolução 4.755/2019, do Conselho Monetário Nacional (CMN). O vice-presidente solicitou que o banco utilize as condições previstas na norma para renegociar dívidas de produtores rurais que estão com dificuldade de pagamento. O dirigente da Caixa disse que analisará a demanda da CNA e discutirá os detalhes com representantes da entidade.

A Resolução prevê uma linha de crédito nova de composição de dívidas para liquidação de débitos de operações de crédito rural contratadas até 28 de dezembro de 2017, com juros fixos de 8% ao ano. O limite por beneficiário é de até R$ 3 milhões, com prazo de reembolso de até 12 anos, com 3 anos de carência.

O produtor deve aderir à renegociação até 30 de abril deste ano para obter as condições previstas na Resolução 4.755/2019.

Schreiner também ressaltou que o produtor deve ter um crédito rural acessível e defendeu um modelo de seguro que ampare o agricultor.

“O fortalecimento do seguro rural colocará o produtor em outro patamar no acesso ao crédito rural e reduzirá a necessidade de alongamento de prazos dos financiamentos quando a atividade enfrenta dificuldades em função de adversidades climáticas”, salientou José Mário Schreiner.

Também participaram da reunião as assessoras técnicas da CNA, Fernanda Schwantes e Carolina Nakamura, o vice-presidente da Faeg e presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz, e o diretor executivo da Aprosoja Brasil, Fabrício Rosa

CNA – CONFEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO BRASIL

Agrolink – 13/02/2020