Abramilho participa de reunião da FPA sobre previdência rural

O vice-presidente da Associação Brasileira de Produtores de Milho, Abramilho, Cesário Ramalho participou da reunião que aconteceu no último dia 13 de março em Brasília da Frente Parlamentar da Agropecuária. Na ocasião foi discutido a reforma da previdência rural, e será apresentado uma proposta ao relator da PEC da Previdência na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), com as mudanças que considera essenciais ao setor produtivo rural para a aprovação da matéria. A decisão foi tomada durante reunião-almoço da FPA que contou com a presença de Maia.

WhatsApp Image 2017-03-14 at 17.53.54O presidente da FPA, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), entende que esse primeiro encontro serviu para que os integrantes da Frente trouxessem suas dúvidas e críticas ao projeto apresentado pelo governo. “Nós não queremos um tratamento igual para o trabalhador rural e para o urbano. São trabalhadores em situações totalmente diferentes, o que precisa ser levado em consideração. Então levaremos esse texto ao relator para que se possa fazer uma legislação que seja de fato à altura da modernidade que hoje é o setor da agropecuária brasileira, sem esquecer o pequeno trabalhador, o assentado e o trabalhador familiar”.

Após ouvir as ponderações dos parlamentares, o relator Arthur Maia se mostrou irredutível em apenas um ponto: a idade mínima de 65 anos para a concessão das aposentadorias. “A situação é muito clara. Se não fizermos a reforma agora, a Previdência Social deixará de existir em 2024. Esses são aos dados que estão aí postos. Não há como fugir disso”. Arthur Maia pretende apresentar o relatório da Proposta de Emenda à Constituição da Previdência na primeira semana de abril.

O presidente da FPA, Nilson Leitão, ressaltou que, apesar de propor mudanças, a FPA entende a urgência do tema e não pretende protelar a sua aprovação. “Queremos a reforma, vamos colaborar com a reforma e vamos dar celeridade para que ela ocorra da melhor forma possível”, concluiu.

Com informações da assessoria da FPA